Efeitos do calor na pressão arterial

Se você é hipertenso e toma medicamentos para manter a pressão estável, é bom ficar atento no calor.

Com o tempo quente, é natural que as artérias fiquem mais dilatadas, fazendo com que o sangue tenha mais espaço para circular. Quem toma medicamentos vasodilatadores, para pressão alta, podem ter esse efeito acentuado e sofrer o extremo oposto: hipotensão, ou seja, pressão insuficiente. Os principais sintomas são tontura e vista embaçada.

Segundo Abrão Cury, cardiologista e clínico geral do HCor (Hospital do Coração), a dica é que os pacientes hipertensos passem por uma reavaliação médica para ver se é necessário trocar os remédios. “Esse efeito não é tão sentido em indivíduos saudáveis, mas em pessoas com problema de pressão e idosos, o risco é maior”.

Além da vasodilatação, o corpo perde muito líquido e sais minerais durante as altas temperaturas, e quando essas perdas não são repostas adequadamente, o organismo funciona com dificuldade. Resultado: desidratação, cansaço excessivo e queda de pressão. Para se ter uma ideia, uma pessoa adulta pode evaporar mais que dois litros de sua reserva de água em 24 horas.

“Dá para compensar através da ingestão de líquidos e isotônicos. O consumo de alimentos gordurosos também deve ser evitado, pois tais alimentos demandam um fluxo de sangue maior para o sistema digestivo e acaba faltando sangue para outras partes do organismo. Aí gera aquela sensação de mal-estar, a famosa congestão”, completa Cury.

Fonte: Coração Alerta

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Iniciar atendimento
Olá!

Seja bem-vindo a Central de Relacionamento Tommasi. Tem alguma dúvida sobre algum serviço ou procedimento, estamos à disposição para melhor atendê-lo.

Nosso atendimento funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 17h30 e aos sábados – Das 7h30 às 12h. Em outros horários, envie uma mensagem na nossa página Fale Conosco.