Sete tons de xixi

Ficar de olho na cor da urina ajuda a flagrar doenças e identificar alterações na alimentação. Saiba o que as tonalidades costumam sinalizar.

Parece até um pouco nojento, mas é importante observar a cor do xixi. Uma vez que a urina reúne substâncias que até pouco tempo atrás estavam trafegando pelo corpo, ela revela informações úteis sobre sua saúde. Conheça agora o que sete diferentes tons podem dizer sobre o estado do organismo:


ligeiramente-amarelo

LIGEIRAMENTE AMARELO

É a cor ideal pois significa que você está bebendo uma boa quantidade de água, o que é fundamental para diluir e descartar toxinas e o excesso de minerais.

“Elementos como sódio, potássio e ureia são todos eliminados pela urina”, explica o urologista José Carlos Truzzi, do Fleury Medicina e Saúde.


xixi-transparente

TRANSPARENTE

Talvez o consumo de H2O esteja mais elevado do que o seu organismo realmente necessita – então os rins retiram o excedente da circulação sanguínea. Se o quadro persistir, vale procurar um médico.

“É comum que no diabete descontrolado, por exemplo, o indivíduo vá muito ao banheiro e libere um líquido incolor”, relata Truzzi. 


xixi-amarelo-escuro

AMARELO-ESCURO OU CASTANHO

Aqui é a situação contrária, pois a carência nos goles d’água faz o xixi ficar concentrado de ureia, entre outros.

“Em longo prazo, isso aumenta o risco de desidratação e cálculo renal“, avisa Maria Alice Barcelos, nefrologista do Hospital 9 de Julho, em São Paulo.

Para evitar complicações, basta caprichar na hidratação.


xixi-laranja

LARANJA

“Remédios e suplementos vitamínicos podem deixar a urina nessa cor”, conta o médico Cristiano Gomes, da Sociedade Brasileira de Urologia.

Pigmentos de legumes como a cenoura e a abóbora têm efeito parecido, o que não causa problemas. Um laranja forte levanta suspeita de doenças no fígado.


xixi-vermelho

VERMELHO

Você comeu beterraba? Componentes dessa raiz tingem o xixi e as fezes. Mas não há nenhuma repercussão ruim no corpo. Em todo caso, é bom prestar atenção: a troca de cor também acontece pela presença de sangue.

“Aí é preciso investigar, porque alguma estrutura do sistema urinário, como os rins ou a bexiga, pode estar doente”, alerta Maria Alice. 


xixi-azul

VERDE OU AZUL

A culpa recai sobre o corante azul de metileno, utilizado na fabricação de algumas medicações. Ele é excretado na urina, que, ao misturar as cores, ganha tons esverdeados ou azulados. Na bula dos medicamentos, você encontra informações sobre essas eventuais consequências. Aspargos e a cerveja verde, típica da Irlanda, provocam efeito semelhante.


xixi-espumoso

ESPUMOSO

É natural que, ao cair no vaso sanitário, a urina crie um pouco de espuma. Mas, se surgirem muitas bolhas, fique esperto: você provavelmente está eliminando proteína pelo xixi.

“Isso não é normal e pede consulta com um médico”, diz o nefrologista Nestor Schor, da Universidade Federal de São Paulo.

Às vezes, o motivo é o excesso de proteína na dieta.


 

E O EXAME DE URINA?

O teste é simples e dá vários detalhes em relação à saúde. Ele acusa a concentração de várias substâncias e detecta elementos como sangue, glicose e células de defesa, o que auxilia no diagnóstico de quadros como diabete e infecções. Na dúvida, visite seu médico e faça seu exame no Tommasi mais próximo.

Fonte: MdeMulher (adaptado)

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Iniciar atendimento
Olá!

Seja bem-vindo a Central de Relacionamento Tommasi. Tem alguma dúvida sobre algum serviço ou procedimento, estamos à disposição para melhor atendê-lo.

Nosso atendimento funciona de segunda a sexta, das 7h30 às 17h30 e aos sábados – Das 7h30 às 12h. Em outros horários, envie uma mensagem na nossa página Fale Conosco.