Os perigos do Projeto Verão

Com o verão chegando, muita gente resolve correr atrás do prejuízo. Mas você sabe quais são os perigos dessa atitude?

Chega novembro e um fenômeno começa a ser observado nas cidades brasileiras.

As academias começam a receber muito mais alunos. As praias e calçadões contam com mais pessoas correndo ou caminhando e as refeições passam a ser tão saudáveis que dariam inveja em qualquer blogueira fitness.

Estamos falando do Projeto Verão.

Atividades físicas e reeducação alimentar são atitudes benéficas para o corpo. Porém, uma mudança tão rápida na rotina pode ser perigosa para a saúde de qualquer pessoa.
O erro cometido por diversas pessoas quando vai chegando a estação mais quente do ano, é tentar compensar meses de sedentarismo e má-alimentação com dietas rígidas e exercícios pesados, visando uma rápida perda de peso ou ganho acelerado de músculos.

São diversas as consequências que um “Projeto Verão” mal planejado pode trazer, como lesões sérias e distúrbios alimentares.

O retorno, ou início, às atividades físicas deve ser progressivo e, de preferência, com acompanhamento médico para entender o melhor ritmo para cada corpo.

Uma alimentação balanceada e atividades físicas moderadas trazem tantos benefícios para o corpo que não deveriam ficar restritas à apenas uma estação do ano e, sim, implementadas em nossa rotina durante a vida inteira.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn