9 passos para fortalecer seu sistema imunológico

Mudar os hábitos de alimentação, praticar exercícios e algumas outras dicas práticas ajudam a evitar que sua imunidade vá lá embaixo e você fique doente.

Sabia que é possível ter uma saúde de ferro o ano todo? E que bastam medidas simples para que isso se torne uma realidade? A seguir, aprenda a identificar se seu sistema imunológico – o responsável por defendê-la do ataque de vírus e bactérias e de prevenir infecções – está enfraquecido e saiba como reforçá-lo.

Sinais de que suas defesas estão em baixa

Gripes e resfriados repetidos e que demoram a passar: Normalmente, um adulto pega de uma a três gripes ao ano e elas duram três ou quatro dias. Se você fica doente mais vezes, melhor ficar atento!

Candidíase que não cura de jeito nenhum: O fungo que provoca essa infecção vaginal se aproveita para se manifestar quando a resistência está baixa.

Muitas infecções urinárias ao ano: Você toma remédio, faz tudo o que o médico manda, mas o problema sempre volta? Pode ser sinal de baixa imunidade.

Lesões na pele: Furúnculos, infecções bacterianas, como a ectima, e micoses difíceis de tratar também podem indicar fraquezas no sistema de defesa.

Herpes frequente: Provocada por um vírus, não tem cura e está ligada ao sistema imunológico, ou seja, a doença volta a atacar sempre que as defesas do organismo sofrem algum baque. A região genital e a boca são as mais suscetíveis.

Cansaço, pele seca, queda de cabelo, unhas fracas: Todos esses são sintomas relacionados à desnutrição. A falta de nutrientes também leva a problemas com a imunidade.

Se você apresenta alguns dos sintomas acima, procure um médico e relate o que está sentindo. Ele provavelmente irá pedir um exame de sangue.

9 passos para fortalecer seu sistema imunológico

1. Coma direito: Prefira os alimentos naturais e, se puder, consuma orgânicos. As vitaminas A, B6, B12, C, D, E, ácido fólico, zinco, ferro, selênio e cobre não podem faltar.

2. Faça exercícios: O esporte contribui para o aumento do número de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do corpo.

3. Durma bem: A recomendação é de 8 horas por noite. Dormir pouco ou mal compromete o funcionamento das células de defesa.

4. Beba água: Pelo menos 2 litros por dia. Ela lubrifica as vias aéreas e o sistema gastrointestinal, evita infecções e alergias.

5. Reforce a higiene: Lavar as mãos antes das refeições e após ir ao banheiro, escovar os dentes três vezes ao dia e tomar banho regularmente evita o risco de infecções.

6. Tome sol (com moderação): A vitamina D, importante na diminuição do risco de complicações cardíacas, câncer e artrite, só é absorvida pelo organismo quando estamos expostas ao sol.

7. Tente relaxar: Durante uma crise de estresse, liberamos substâncias que fragilizam o corpo.

8. Tenha animais de estimação: Um estudo da Universidade de São Paulo (USP) revelou que o convívio com bichos traz muitos benefícios à saúde. Crianças têm menos risco de desenvolver alergias.

9. Pare de se automedicar: Principalmente com antibióticos! O uso indiscriminado aumenta a resistência de algumas bactérias.

Fonte: MdeMulher

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn