6 dicas para correr no calor

O calor pode desanimar a prática de exercícios ao ar livre, mas existem algumas dicas que vão te ajudar.

Com a temporada de calor e sol intenso, aparece a dificuldade e o desânimo para quem gosta de correr ao ar livre. Para isso, veja abaixo 6 dicas para você se precaver e poder continuar treinando sem sofrer no o verão.

1. Em primeiro lugar, o “básico”

Não é novidade, mas não custa lembrar: use protetor solar, boné/viseira, óculos escuros e roupas leves.

2. Ajuste seus horários

Se você está acostumado a correr às 9 horas da manhã, por exemplo, é hora de começar a correr um pouco mais cedo. No verão, não tem jeito: nos treinos longos, é bom começar ao nascer do sol, que é a hora mais fresca do dia, para não sofrer com o calor. Pode parecer difícil acordar mais cedo, a princípio, mas os benefícios compensam. Inclusive poder ver o sol nascer enquanto corre!

3. Vá pela sombra

Parece conselho de mãe, do tipo “leva um casaquinho”, mas tem gente que deixa de explorar o benefício e o refresco das sombras. Analise sua rota antes de sair de casa e tente fazer o treino em locais mais sombreados.

4. Corra por sensação de esforço

Se fixar em ritmos e velocidades pré-determinados em treinos no calor pode atrapalhar mais do que ajudar. Corra se baseando na sensação de esforço (ou na frequência cardíaca se você usa frequencímetro) e não pela velocidade que o relógio está mostrando. Em dias mais quentes você vai correr mais devagar e isso é normal. Tentar forçar a barra para alcançar uma velocidade específica pode trazer mais prejuízos que benefícios. Se precisar, vale até alternar intervalos de corrida e caminhada para manter sua temperatura mais baixa.

5. Misture rua e esteira

A esteira da academia é sempre uma excelente opção nos dias mais quentes. Nada como um ar-condicionado e um copo d’água ao seu alcance. Se seu treino é longo demais para fazer na esteira, que tal correr a 1ª parte do treino na rua (ao nascer do sol, lembra?) e, quando esquentar, entrar na academia e continuar o treino na esteira? Com isso você evita que aqueles quilômetros finais, quando você está mais cansado, seja no período mais quente.

6. E depois de correr?

Beba água, muita água. Ao fim de treinos mais longos que 1 hora, mais ou menos, o ideal é tomar água de coco ou isotônico para repor os sais minerais perdidos pelo corpo durante o treino.

Treinar no calor é desafiante, ainda mais se o treino for longo. Mas com alguns ajustes e um pouco de planejamento, você tira de letra e consegue fazê-los sem sofrimento.

Fonte: Bodytech por Rodrigo Lucchesi

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn